Como memorizar mais rápido e para sempre

Como memorizar mais rápido As pessoas gostam de brincar que a única coisa que você realmente “aprende” na escola é como decorar. Como se vê, isso não é o caso para a maioria de nós. Se você perguntar para um punhado de pessoas como memorizar as coisas rapidamente, a maioria delas provavelmente vão dizer “repetição”.

Tudo bem, essa afirmação não deixa de estar correta, mas se sua pretensão for acelerar o processo de memorização e deixar no seu subconsciente, precisará criar lembranças. O problema é que lembrar algo requer aprendizado, e todos nós aprendemos de formas diferentes. Renato Alves recordista brasileiro de memórias te ensina exatamente o processo de aprendizado de memorização, através de estratégias para fazer você usar a memória a seu favor. Clique Aqui para você assistir o vídeo.

Antes de começar uma preparação de memorização você precisa estabelecer uma coisa: você é mais auditivo, visual ou experiencial? Se você é mais auditivo, em seguida, a maneira mais eficaz para você entender a informação é ouvi-la. Como você pode imaginar, os alunos visuais favorecem ver algo, a fim de aprender, e os tipos de aprendizagem experiencial são mais parecidas com aprendizagem a partir de eventos e experiências (ou, fazendo algo com o material). A maioria de nós utiliza uma combinação de pelo menos duas dessas categorias, vamos indicar o que é mais favorável para o seu estilo de aprendizagem e mais agradável para que você possa começar a memorizar rapidamente e eficientemente.

Veja também: Os 4 maiores erros na hora de você memorizar e estudar.

Passo 1: Preparação

Para otimizar a sua sessão de memorização, presta muita atenção em qual ambiente você deseja escolher. Para a maioria das pessoas, isso significa escolher uma área com poucas distrações, embora algumas pessoas não prosperam fora da aprendizagem em áreas públicas. Descubra o que é mais propício para a sua aprendizagem antes de começar.

Estudos científicos afirmam que chá verde cria um catalisador natural para melhorar a memória. Mecanicamente falando, a nossa capacidade de lembrar informações se resume à força entre os neurônios em nossa mente, que estão ligados por sinapses. Quanto mais você exercita a sinapse (repetição), mais forte ela é, resultando na capacidade de memorizar.

À medida que envelhecemos, produtos químicos tóxicos irão danificar nossos neurônios e sinapses, o que leva à perda de memória e até mesmo a doença de Alzheimer. O chá verde contém compostos que bloqueia a toxicidade e mantém as células do cérebro funcionando corretamente por muito mais tempo.

Passo 2: Grave o que você está Memorizando

Isto é especialmente útil se você está tentando memorizar informações de uma palestra. Use um gravador para controlar todos os fatos adquiridos. Se você está tentando memorizar um discurso, se grave lendo o discurso em voz alta e depois escute sua gravação. Obviamente, é mais útil para os alunos auditivos.

Passo 3: Escreva tudo

Antes de começar a tentar lembrar tudo de memória, escreva e reescreva as informações. Isso ajudará você a se familiarizar mais com o que você está tentando memorizar. Faz isso enquanto ouve o seu gravador, também pode ajudar você a manter uma grande quantidade de dados. Isso é mais útil para os alunos experienciais.

Passo 4: Separe por trechos.

Agora que você tem tudo escrito, separe em trechos. Isto é ideal para alunos visuais, especialmente se você usar cores para diferenciar entre um trecho e outro. Isso irá ajudá-lo a começar a compartimentar as informações para serem gravadas em seu cérebro.

Passo 5: Aplique a repetição de memorização por trechos

Para cada trecho, repita algumas vezes e tente recuperá-lo sem olhar. Ao memorizar cada conjunto de texto, adicione novas informações com o que você acabou de aprender. Isto irá manter tudo dentro da sua memória de curto prazo. Continue fazendo isso até que você tenha memorizado o trecho e ser capaz de lembrar ele todo. Não passe para outro trecho até ter memorizado completamente. Esta é a aprendizagem na maior parte visual, mas se você está falando em voz alta, então você está também está aplicando o aprendizado auditivo.

Passo 6: Escreva tudo de memória

Agora que você pode lembrar trechos inteiros, escreva-os tudo de memória. Isto irá reforçar tudo o que você aprendeu apenas por aplicá-lo experimentalmente.

Passo 7: Ensine alguém (ou você mesmo)

Um método eficaz é explicar o conteúdo para outra pessoa. Você pode fazer isso em uma variedade de maneiras. Você pode palestrar o conhecimento para alguém sentado bem na frente de você (ou o espelho, se você não conseguir convencer ninguém a sentar diante de você) e explique tudo de improviso. Se o que você aprendeu precisa ser recitado na íntegra, em seguida, faça isso na frente de alguém a fim de obter uma sensação de que ele vai ser o público alvo na qual você vai recitar o texto.

Nosso método favorito para isso é a criação de testes. Peça a uma pessoa que tome as informações e vê se da conta de responde-las. Use múltipla escolha, falso ou verdadeiro e assim por diante até ver se você esta pronto. Tudo isso é aprendizado experimental, do modo que você está realmente praticando e manipulando os conceitos que você aprendeu.

Passo 8: Ouça as gravações de forma contínua

Ao fazer as tarefas não relacionadas como lavar louça, tomar banho… tome as informações novamente, ouvindo suas gravações. Este é certamente o aprendizado auditivo, mas ainda vai complementar tudo o que colocou em sua memória de curto prazo.

Passo 9: Faça uma pausa

Finalmente, deixe sua mente respirar. Ir para um curto período de tempo sem pensar no que você acabou de aprender e voltar a ele mais tarde. Você vai descobrir o que você realmente sabe, é claro, e isso vai ajudá-lo a concentrar-se nos trechos que você esta tendo dificuldade de lembrar.

Se você quiser garantia de sucesso indicamos o vídeo do Renato Alves recordista brasileiro de memória

Como memorizar mais rápido e para sempre

Como memorizar mais rápido e para sempre
5 (100%) 1 vote

Deixe um comentário

error: Content is protected !!